Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Samantha Em Chamas

Fogos e desafogos de uma viajante arco-íris que arde pelo mundo.

Espelho meu, espelho meu, que será de mim se eu não for eu?

Entre demasias e insuficiências e as palavras que mercúrio não me deixa pronunciar em condições nos últimos dias, o que me vale é que já me consigo olhar de novo ao espelho, sem vergonhas do que sou ou do que sinto. E não há nada que valha mais do que isso, ainda que a alma se canse.

CYMERA_20180413_231851.jpg

CYMERA_20180416_211424.jpg

 

20180221_122742.jpg