Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Samantha Em Chamas

Fogos e desafogos regados a cerveja e coração

A melhor prenda de natal

Hoje sonhei que publicava um post aqui no blog uns dias antes do Natal. Era assim:

 

(Título) A melhor prenda de Natal

 

(Texto) Depois de um ano dos infernos a tentar me fazer à vida e a levar patadas atrás de patadas, de viver de forma precária e a racionar comida e de quase ter sido abalroada por um comboio (metafórica e literalmente), finalmente encontrei um emprego na área, na localização e nas condições que eu queria e que preciso para orientar a minha vida financeira e, acima de tudo, para orientar as nuvens negras desta cabecinha num outro sentido muito mais saudável.

 

Não era a oportunidade profissional dos meus sonhos onde conto histórias, reais ou fictícias, através da escrita, fotografia e cinematografia, até porque preciso de descansar mental e emocionalmente antes de seguir por aí. Mas era algo que eu gostava de fazer neste momento nesta cidade onde gosto de estar e que foi algo no qual investi monetariamente para sair do ciclo vicioso da precariedade. Como seria bom meter a farda e calçar as botas, fazer o que tenho a fazer perto de casa pelo tempo necessário (que não é full-time e muito menos turnos de 12 horas) para estar desafogada ao final do mês, tanto monetária como mentalmente, e regressar a casa e/ou à cidade para me dedicar a mim, a uma taça de chá  ou caneca de cerveja e um livro ou um filme ou evento cultural e, consequentemente, descansar a cabecinha, o coração e a alma.

 

Ter a certeza de uma segurança (casa, tempo, comida e saúde mental) controlada seria a melhor prenda de natal.

Um sonho, ainda que não seja o da vida, concretizado. 

É tudo o que eu quero. 

Afinal ninguém paga um tecto e comida com o ar ou boas energias... (além do mais, tornei-me mestre das sopas caseiras e convinha ter dinheiro para comprar outros ingredientes...)

5 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

ANTES QUE SE QUEIMEM

Liberdade de expressão não é o mesmo que liberdade de ofensa, portanto comentários ofensivos não serão aprovados. Discordar é válido, palavras agressivas dirigidas a mim ou outras pessoas não. As fotos e os textos neste blog são normalmente da minha autoria e, no caso de não serem, avisarei no post respectivo.

Registo de Fogos Postos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Blogs de Portugal