Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Samantha Em Chamas

Fogos e desafogos de uma viajante arco-íris que arde pelo mundo.

Descansa em paz, Zézinho

Nos meus últimos dias em Espanha fiz aquilo que uma pessoa minimamente educada e asseada faria na minha situação: arrumei as coisas e limpei a casa. 

Não tenho muitas coisas no geral mas com os presentes de despedida alguns pertences meus não cabiam na mala então tiveram de ir num outro saco. Sem problema. Meti tudo a um canto, dei um jeito ao quarto, fui despejar o lixo e aproveitar o último pôr-do-sol. Lindo, a sério. Cheio de aconchego e de memórias.

Na tarde seguinte, a Pilar veio buscar-me para me levar à estação de comboios de Salamanca. Nessa noite regressava, de vez, a Portugal. Peguei na mala e levei para o carro. Voltei ao quarto e peguei no saco com as minhas coisas. Só que não era o saco com as minhas coisas:

era o saco do lixo! O saco com as minhas coisas é que tinha ido para o lixo...

 

O pânico!

O horror!!

A tristeza profunda...

O que é que lá estava que eu estimava tanto?

O meu vibrador!

 

Nunca mais fui a mesma. Ainda hoje estou traumatizada. Que saudades.

Descansa em paz, Zézinho.

 

 

 

14 comentários

Comentar post