Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Samantha Em Chamas

Fogos e desafogos de uma viajante arco-íris que arde pelo mundo.

Epá, eu não quero ser feliz*

A única coisa que quero é rir-me da minha desgraça, à gargalhada mesmo.

Como daquela vez em que decidi fazer sku na Roménia e, no caminho, atropelei uma criança e o pai (que deu um mortal no ar). Ou da vez em que a cadela da escola onde eu andava me roubou o casaco e fugiu com ele enquanto eu, desgraçada, corria atrás dela. Ou de toda a vez que me lembro que a Ana Malhoa me está a dever 50 euros.

 

*de forma socialmente padronizada, quero dizer. O alívio de sair um pouco da espiral negativa das últimas semanas e o consequente riso que não gargalhava há tempos valem por qualquer coisa onde não me encaixe. Obrigada pelas palavras, pela companhia e pela ajuda. Prometo não vos atropelar, roubar ou ficar a dever mas se acontecer a gente ri-se da vossa desgraça também! :)

5 comentários

Comentar post