Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Samantha Em Chamas

Fogos e desafogos de uma viajante arco-íris que arde pelo mundo.

Já alguma vez viste chuva num dia de sol?

Saí de casa a correr. Nem com pressa nem com raiva nem com medo. Desatei a correr com a Joan Jett nos meus ouvidos, abençoada seja. Parei muito antes de onde viria a ficar sentada a observar, lá do alto, a Arrábida, o Sado, Tróia e a minha paz, porque não tenho a resistência de gente fitness. Uma vez lá em cima levei com sol no focinho e levei com chuva também enquanto ela me perguntava, repetidamente, se alguma vez tinha visto chuva num dia de sol. "Sempre vi", respondi-lhe, "mas agora ando a aprender a ver o meu sol em dias de chuva"

 

No regresso a casa, caminhando, pensava no que tinha escrito na noite anterior. Deve ser da minha lua em leão mas tenho tendência a sofrer mais de um ego fodido do que de um coração partido. O que é bom, atenção: assim com alguma reflexão e maturidade depressa deixa de doer. Se não é do coração, não me importa e se não me importa não vale o meu tempo nem a minha energia. 

Tranquila com a conclusão, meti-me no duche. A pele escaldava mas nada mais me doía. 

 

Sentei-me no sofá com o computador nas pernas. Se eu fumasse sacava de um cigarro. Como não fumo, agarrei na chávena mas estava muito quente. Esperei que o chá arrefecesse. E enquanto esperava e tentava decidir que série ou filme havia de ver, recebi uma mensagem tua. As palavras de sempre. 

Mas epá, desta vez não te respondo. 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.