Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Samantha Em Chamas

Fogos e desafogos de uma viajante arco-íris que arde pelo mundo.

Viagens arco-íris e unicórnios viajantes

Costumo acompanhar blogs ou contas de instagram de pessoas que viajam com frequência. E, sendo parte da comunidade LGBTQI+, é mais do que natural que acompanhe algumas pessoas também elas LGBTQI+ que costumam viajar. E tem sido muito interessante ver o mundo dessa perspectiva, que não é totalmente diferente mas que tem as suas especificidades e que me tocam muito perto do coração.

 

Um dos pontos de encontro virtual é a página de instagram The Travel Unicorn. Tem também um site com o mesmo nome com alguns testemunhos e diários de viagem de pessoas LGBTQI+. É um projecto que foi fundado em Novembro de 2016 por Carly que, após mais uma das suas viagens, começou a sentir a falta de uma plataforma que unisse viajantes arco-íris e que permitisse a partilha de histórias, recomendações e apoio entre si. Hoje em dia é um dos pontos centrais na comunidade de viajantes LGBTQI+. 

Sem Título.png

 

Conheci este projecto através da Steph e da Tay, duas namoradas nómadas que fazem uso da página lesbinomadic para partilhar as suas aventuras. E através de The Travel Unicorn conheci a página da Thai e da Sil, que têm estado a viajar desde o início do ano sem parar, já visitaram cerca de 11 países, saíram ontem da Roménia e chegaram hoje a Londres. Entre outras tantas que acompanho e que vou conhecendo, a Vamo? Vamo! Trip da Thai e da Sil tem sido a minha viagem preferida. As fotos são maravilhosas, é certo, mas o mais engraçado, interessante e próximo são as histórias que elas fazem para o instagram, pois fazem de uma maneira tão despretensiosa e real que mais parece que as conhecemos e que são nossas amigas que foram viajar. 

Sem Título2.png

 

Outro dos pontos de encontro é a rede social elgeeBE. Não experimentei portanto não sei quais são os prós e os contras. Sigo apenas a respectiva página no instagram, de qualquer das formas deixo-a aqui como sugestão para darem uma olhada. Quem sabe a próxima viagem arco-íris não estará à distância de um clique? Enquanto não posso explorar o mundo por mim, exploro através da perspectiva de quem, como eu, viaja para ser livre. 

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.